Fim de tarde com pôr do sol, música boa e uma bela taça de espumante. É um momento agradável, com certeza, pela combinação perfeita entre os três pontos. O casamento fica melhor ainda quando a canção fala sobre a bebida - e são diversos os exemplos na história da música, popular e erudita, de composições que se inspiram e abordam as bolhas. Confira algumas delas.

 

Almir Guineto - Perfume de Champanhe

Almir Guineto foi um dos maiores sambistas do Brasil e eternizou com voz marcante clássicos como Conselho e Insensato destino. Guineto foi também mestre em criar canções para ambientes festivos e Perfume de Champanhe, música que fala exatamente de uma festa regada à bebida, é bom exemplo dessa vertente.

 

Andrea Bocelli - Champagne

Cantor dos mais célebres dos nossos tempos, Andrea Bocelli já vendeu 70 milhões de cópias desde o início da carreira, nos anos 1990. Entre seus maiores sucessos está Champagne, canção que aborda a felicidade causada em um brinde com a bebida em qualquer celebração.

 

Ottis Redding - Champagne and wine

Uma das vozes mais avassaladoras de todos os tempos, Ottis Redding gostava de viver uma vida boêmia. Champagne and wine fala exatamente sobre esse gosto que o cantor tinha por viver bem acompanhado - por pessoas e bebidas.

 

Choro de Bolso - Espumante

Essa canção faz parte do segundo disco do projeto criado pelo chorão Marcos Canduta. Nas redes sociais, o artista contou que a música é homenagem a dois amigos que o recebiam sempre em casa com uma taça de espumante na mão.

 

Cazuza - Champanhe e Gentileza

“Deus me deu um coração que ama, alguma tristeza, destreza e champanhe”. Nada mais Cazuza que os versos dessa bela canção de um dos nossos maiores artistas da música.

 

E aí, já montou a playlist? Qual música não pode deixar de acompanhar uma taça de um bom espumante?

 

 

Quer saber mais
sobre vinhos?
Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo

Deixe o seu comentário sobre a postagem:

Nome Completo:
E-mail:
Cidade / UF:
Comentário: