Vinho Garibaldi ChardonnayVinho Garibaldi Chardonnay

Você sabia que também as diversas variedades de uvas têm suas datas específicas para serem celebradas no calendário? O mês de maio reserva o dia 21 para exaltar uma das uvas brancas mais importantes do mundo – e, também, para da Cooperativa Vinícola Garibaldi, afinal, ela é base para a elaboração de muitos dos espumantes da marca.

Nessa data, é reverenciado o Dia Internacional da Chardonnay, variedade usada em grande escala em todo o mundo, já que está presente em praticamente todas as regiões vitícolas espalhadas pelos continentes. Essa é uma das grandes qualidades da chamada rainha das uvas brancas. Seu poder de adaptabilidade a diferentes solos e clima é tamanho que a uva originária da região da Borgonha, na França, está presente em mais de 40 países. 

O terroir, assim como a mão do vinicultor, exerce grande influência nessa polivalente uva. Isso significa dizer que uma Chardonnay cultivada na Serra gaúcha terá características distintas de outra plantada na Espanha, por exemplo. Essa complexidade da Chardonnay é um de seus encantos. Enquanto o vinho resultante de sua produção em áreas mais frias apresenta frescor, o que advém de regiões mais quentes denota estrutura. Os aromas podem lembrar frutas cítricas ou tropicais, além de tons florais, amanteigados e amadeirdos.

A versatilidade é outra de suas qualidades, sendo utilizada na elaboração de vinhos que podem ir de leves a encorpados – é das poucas brancas a suportar a madeira –, chegando até aos suaves, e no preparo dos mais diversos espumantes. A colheita dessa uva é uma parte importante do processo. Na Serra gaúcha, onde a uva apresenta grande qualidade, a Chardonnay é das primeiras castas a ficarem maduras e podem perder qualidade caso sejam acometidas por uma geada entre a primavera e o verão.

Agora que você já sabe mais sobe essa uva, que tal provar um vinho elaborado a partir da flexível Chardonnay? Indicamos o Garibaldi Chardonnay, que apresenta coloração amarelo palha e reflexos esverdeados, aromas de frutas tropicais e nuances florais e leveza e jovialidade no paladar. E se você está pensando no almoço ou no jantar, nossa dica é harmonizá-lo com peixes gordurosos, aves, risotos e massas com molhos leves.

Quer saber mais
sobre vinhos?
Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo

Deixe o seu comentário sobre a postagem:

Nome Completo:
E-mail:
Cidade / UF:
Comentário: