A Cooperativa Vinícola Garibaldi é feita pela soma do trabalho e talento de suas mais de 450 famílias associadas. Mas não só. Também está edificada na força de seus 200 colaboradores que atuam nas diversas áreas da cooperativa. Enaltecendo essa relação e estreitando o vínculo que os conecta, a cooperativa proporcionou uma ação especial de integração: convidou os familiares dos colaboradores para conhecer a estrutura da vinícola. A iniciativa, chamada de 'Portas Abertas' faz parte do programa 'Somos Garibaldi'. A programação teve apresentação institucional, visita a cantina e engarrafamento e, também, entrega de um kit com suco de uva e outros mimos.

"Acreditamos na valorização das pessoas e na aplicação prática desse conceito sob as mais diversas formas, desde o reconhecimento ao trabalho bem feito até a consolidação de relacionamentos cada vez mais próximos, fomentando o envolvimento e a participação dos indivíduos na vida da Cooperativa. Iniciativas como essa são de fundamental importância para nossa organização, que vivencia de modo muito autêntico e verdadeiro a integração comunitária", explica o presidente, Oscar Ló.

O feriado municipal de 29 de junho foi a oportunidade para os mais de 100 convidados conhecerem as instalações da Cooperativa Vinícola Garibaldi e o ambiente de trabalho de seus familiares. Quem participou ficou impressionando – como é o caso de Andréia Maria Rech Salvi, irmã de André Rech, que há 11 anos trabalha na vinícola, atualmente no setor de compras. "Foi bem interessante para conhecer o processo industrial e entender como ocorre a elaboração dos vinhos e espumantes. Diariamente vemos a vinícola, mas apenas por fora, e a visita interna realmente chama atenção pela grandeza, é surpreendente. A iniciativa é bastante positiva pela oportunidade de integração e, também, demonstra o sentimento de responsabilidade da Cooperativa com o funcionário que movimenta todo esse processo e também com o familiar", avalia.

Para Ivete Chiesa Passaia, esposa do colaborador João Passaia, que trabalha na manutenção há cerca de 4 anos, a visita permitiu conhecer os aspectos positivos sobre os quais o marido diariamente fala, em casa, ao relatar a rotina no trabalho. "Ele sempre comenta sobre a simplicidade e o carisma no tratamento com as pessoas, e isso realmente chamou a atenção durante a visita. É um orgulho ter um familiar trabalhando aqui. Foi uma experiência maravilhosa, um exemplo", disse.

Também quem está ainda ingressando na vida da Cooperativa ficou satisfeito com o convite. "Achei muito bom, pois aprendi um pouco mais sobre a sequência do trabalho dos funcionários e dos associados, o que acontece dentro da vinícola, que tem uma tecnologia impressionante. Foi uma visita agradável, ficamos contentes de ter vindo", conta Gilberto Parmegiani, familiar da colaborada Gabriela Parmegiani, que trabalha no administrativo há cerca de 1 ano.

Quer saber mais
sobre vinhos?
Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo

Deixe o seu comentário sobre a postagem:

Nome Completo:
E-mail:
Cidade / UF:
Comentário: