O rosé é o mais versátil dos vinhos, e por conta dessa facilidade em se adaptar a qualquer ocasião, tem ganhado cada vez mais a preferência do público. A chegada da variedade rosé à linha mais descolada de espumantes da Cooperativa Vinícola Garibaldi era, portanto, uma questão de tempo. Agora, a família de produtos ICE, aqueles que devem ser consumidos “on the rocks”, ganha ampliação e passa a oferecer ao consumidor três variedades – além da novidade, as versões Prosecco e Zero.

A opção é uma das apostas da vinícola para ampliar sua participação no mercado nacional do espumante, principalmente assim que os meses de frio forem embora. Todo o colorido das estações primavera e verão ficará ainda mais vívido com os tons rosáceos do Garibaldi Ice Rosé Demi-Sec. Despojada, a bebida só precisa ganhar a adição de umas pedrinhas de gelo para se transformar e oferecer, assim, sua plenitude - de uma maneira leve e sem protocolos.

O ICE apresenta mais vivacidade, açúcar e perfil aromático do que seu irmão mais chique, o espumante tradicional. É isso que vai permitir à bebida agregar frescor e intensidade na taça, mesmo após o consumidor adicionar o gelo. “O Espumante Garibaldi ICE Rosé é uma proposta de espumante onde a acidez marcante e a intensidade aromática casam perfeitamente com a ideia de descomplicar o consumo, permitindo a adição de gelo ou frutas sem que a bebida perca seu frescor característico”, explica o enólgo da casa, Ricardo Morari.

Elaborado pelo método Charmat, o Garibaldi Ice Rosé Demi-Sec é o resultado do processamento de três tipos de uvas – Prosecco, Moscato Branco e Ancellotta. O aspecto visual é de coloração rosé delicada, com reflexos violáceos, além de perlage finas, intensas e persistentes. No olfato, o consumidor perceberá aromas intensos de frutas vermelhas como cereja e morango, além de notas florais delicadas e frescas.

Em boca, esse espumante exibe equilíbrio entre açúcares e acidez, com intenso frescor que permite o consumo com gelo ou em drinks com frutas – uma opção na qual todos estão livres para testar sua criatividade, comprovando toda a versatilidade da bebida. É sempre importante ressaltar que o consumo desse espumante está condicionado à adição de gelo na taça. Embora ele possa ser ingerido apenas a partir de seu resfriamento, é “on the rocks” que a bebida encontra seu ponto de equilíbrio e revela todo seu potencial – a temperatura ideal de serviço é de 6°C. Se for harmonizar, queijos de massa mole e mel, damasco com geleia de uva ou morango, peixes ao molho agridoce, frutas secas, saladas com molhos levemente doces e sobremesas a base de frutas, serão ótimas opções.

 

Quer saber mais
sobre vinhos?
Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo

Deixe o seu comentário sobre a postagem:

Nome Completo:
E-mail:
Cidade / UF:
Comentário: